segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Você pode!

Impressões Pessoais

por Débora Martins

Certa vez, um dos meus melhores alunos apresentou dificuldades para realizar determinada tarefa. Seus colegas, bem, obviamente ficaram inconformados. Mas ele não é o melhor? Perguntavam-se.
Afinal, vivemos numa sociedade em que errar, ter dúvidas, ou simplesmente demonstrar os sentimentos são motivo de fraqueza.
É como se as pessoas encontrassem uma enorme satisfação em apontar seu dedo indicador de forma altiva e dizer: Estão vendo como por de trás dessa fortaleza existe um pobre mortal, blá, blá, blá...
Mas eu tenho uma boa notícia: Você pode!
Você pode, por exemplo, começar mandando esse povo catar coquinho. Já é um bom começo, não é? Depois você pode se libertar destas regras e não se culpar tanto. Quando a gente pára de carregar as dores do mundo nossa dor nas costas até melhora, sabia?
Enfim, podemos ser melhores, infinitamente, jamais tenha dúvidas disto, mas também podemos ser nós mesmos e assim transformar nossos erros e fraquezas em grandes aprendizados.
Eu choro, fico deprimida, e às vezes erro, sim, assim como você. Super-homem só nos desenhos. Pense nisso!



Gostou? Indique para um amigo. Clique aqui!

------------------------------------------------------------------------------------
Débora Martins é jornalista, consultora e palestrante organizacional com ênfase em Gestão de Pessoas e Desenvolvimento de Talentos.
Contrate. Acesse o site: http://www.deboramartins.com.br

4 comentários:

  1. Pior que todo mundo fala que errar é humano, mas pouco ajudam ou desculpam um erro.
    Gostei muito do seu blog, posso add lá na minha página??
    Obrigada pela visita e pelo elógios.
    bjos

    ResponderExcluir
  2. Oi Débora, que bom que gostou do blog :)

    Vlw, abraços!

    O seu tbm tem ótimos artigos.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom seus artigos. Parabéns.

    ResponderExcluir
  4. Que bom que gostou do meu blog. A recíproca é verdadeira. Gostei também do 'Videos Caseiros'.Parabéns.

    ResponderExcluir